Pular para o conteúdo principal

ACELERA FOZ DEFINE AÇÕES PRIORITÁRIAS EM 7 EIXOS DE DESENVOLVIMENTO

Programa prevê medidas para atrair investimentos, gerar novos negócios e empregos, melhorar a infraestrutura e fomentar a inovação
Região central de Foz do Iguaçu. Foto: Marcos Labanca - Grampo Comunicação

A Coordenação Estratégica do Programa Acelera Foz definiu as ações prioritárias para o desenvolvimento de Foz do Iguaçu. São 40 iniciativas em sete eixos de infraestrutura, divulgação, retomada econômica do turismo, empreendedorismo, inovação e atração de investimentos, apoio à produção e comercialização, e fomento de políticas públicas. 

Coordenação Estratégica do Programa Acelera Foz definiu ações prioritárias - Foto: Assessoria

A gestão do programa também aprovou as instituições do poder público e da sociedade civil organizada responsáveis por conduzir a execução das ações, as quais deverão articular os segmentos de cada área. O detalhamento das iniciativas previstas pelo Acelera Foz vem sendo apresentado em conferências virtuais com transmissão aberta ao público.

Presidente do Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social (Codefoz), Mario Camargo explica que a definição das prioridades do programa permite que a comunidade possa visualizar as ações e acompanhar a evolução do Acelera Foz. "Também serão previstos prazos para a entrega das metas, com indicadores quantitativos e qualitativos", frisa.

De acordo com Mario, pelo planejamento proposto, as ações prioritárias mantêm interdependência e unidade, pois são agrupadas aos eixos estratégicos do programa. "Nosso desafio é promover a retomada do desenvolvimento pós-pandemia a partir de bases novas, gerando crescimento sustentado e qualidade de vida para a população", enfatiza. 

Obras, empregos e mobilidade
As obras prioritárias em infraestrutura somam R$ 900 milhões. São projetos já em execução – entre elas a segunda ponte e a ampliação da pista do aeroporto – e os novos empreendimentos da revitalização e duplicação da Rodovia das Cataratas, trincheira da Rua Teodoro Risden com a BR-277, revitalização do Espaço das Américas e novo Porto Seco Trimodal.

“Em consonância com as diretrizes do governo federal, que tem tido atenção bastante especial para a região, promovemos uma reestruturação administrativa que nos possibilitou redirecionar mais de R$ 900 milhões em diversas ações, com transparência, responsabilidade e em parceria com diversas entidades, por meio do Programa Acelera Foz”, afirma o diretor-geral brasileiro da Itaipu Binacional, general Joaquim Silva e Luna.

Inovação e captação de investimentos
Nas propostas prioritárias, o Acelera Foz propõe incentivar a inovação, a inteligência artificial e a atração de negócios. Pelo programa, serão criados um escritório para recepção e captação de investimentos e o Laboratório de Inteligência Artificial em Agroenergia. Fazem parte das ações, ainda, o projeto Vila A Inteligente e o Condomínio de Startups.

"Atraindo grandes empresas e incentivando o empreendedorismo e novas startups, vamos complementar o processo de dinamização da economia. Vamos criar, também, um ambiente propício para a testagem e validação de inovações voltadas para o desenvolvimento da cidade de forma inteligente e sustentável”, expõe o diretor-superintendente do Parque Tecnológico Itaipu (PTI), general Eduardo Garrido.

Retomada do turismo
Para a retomada do turismo, o Acelera Foz prevê investimento em infraestrutura e obras de revitalização dos corredores turísticos, editais de inovação, incentivo ao turismo regional, início das obras de revitalização do Espaço das Américas e inauguração do Mercado Público Municipal até dezembro deste ano. Somadas a essas ações, serão realizadas iniciativas pontuais. 

A reabertura de atrativos no município está programada para os próximos dias, coincidindo com o aniversário de 106 anos da cidade. “Foz do Iguaçu largou na frente com os protocolos de segurança sanitária para a retomada do turismo. E será, agora, o primeiro destino a fazer testagem de covid-19 em todos os turistas sintomáticos”, destaca o secretário de Turismo, Indústria, Comércio e Projetos Estratégicos, Gilmar Piolla. 

Salto para o futuro
Parte do plano de retomada econômica da cidade, o Acelera Foz tem a coordenação estratégica do Codefoz, Itaipu Binacional, Parque Tecnológico Itaipu (PTI), Prefeitura de Foz do Iguaçu, Sebrae, Programa Oeste em Desenvolvimento (POD), Associação Comercial e Empresarial de Foz do Iguaçu (ACIFI) e Conselho Municipal de Turismo (Comtur). 


São estes os eixos e as ações prioritárias do Acelera Foz:

EIXO 1: OBRAS ESTRUTURANTES
- Obras em Execução
  • Projeto Beira-Foz
  • Duplicação do acesso e área de manobra do aeroporto 
  • Ampliação da pista do aeroporto 
  • Ampliação e modernização do Hospital Costa Cavalcanti
  • Perimetral Leste (acesso à BR-277)
  • Segunda ponte internacional Brasil-Paraguai
Acelera Foz prevê duplicação e revitalização da Rodovia das  Cataratas.
Foto: Sara Cheida - Itaipu Binacional
- Obras a serem executadas 
  • Duplicação da Rodovia das Cataratas (BR-469)
  • Revitalização da Avenida das Cataratas (no trecho urbano)
  • Trincheira da Rua Teodoro Risden/BR-277 (Portal da Foz)
  • Revitalização do Espaço das Américas
  • Novo Porto Seco Trimodal

EIXO 2: PLANO ESTRATÉGICO DE MARKETING PARA FOZ DO IGUAÇU
  • Plano integrado de marketing para o desenvolvimento 
  • Fortalecimento das instâncias de governança
  • Campanhas nacionais de marketing

EIXO 3: RETOMADA ECONÔMICA DO TURISMO
  • Projeto de Revitalização do entorno do 34º Batalhão
  • Infraestrutura e obras de revitalização dos corredores turísticos
  • Protocolos de segurança sanitária para atividades turísticas
  • Edital de inovação corporativa para o turismo
  • Concessão do Centro de Convenções
  • Mercado Público Municipal (inauguração até dezembro de 2020)
  • Programa de incentivo ao turismo regional

EIXO 4: EDUCAÇÃO E QUALIFICAÇÃO EMPREENDEDORA
  • Fomento a capacitações virtuais
  • Estímulo empresarial para a aplicação adequada de condutas sanitárias
  • Qualificação empresarial para atividades impactadas

EIXO 5: INCENTIVO À INOVAÇÃO E ATRAÇÃO DE INVESTIMENTOS
  • Criação de escritório para recepção e atração de investimentos
  • Investimentos para aceleração de startups, MPEs, soluções e produtos
  • Facilitação do acesso ao crédito
  • Estímulo à criação do polo de serviços de saúde
  • Implantação do Laboratório de Inteligência Artificial em Agroenergia
  • Projeto Vila A Inteligente
  • Centro Municipal de Inovação – Condomínio de Startups
Vila A, que será bairro inteligente,  recebe investimentos - Foto: Rubens Fraulini - Itaipu Binacional.

EIXO 6: APOIO À PRODUÇÃO E COMERCIALIZAÇÃO
  • Portal on-line de cadastro e divulgação de profissionais autônomos
  • Apoio para estruturação e comercialização de feiras livres 
  • Expansão do programa de crédito a juro zero
  • Ampliação do aporte de recursos da garantidora de crédito

EIXO 7: POLÍTICAS PÚBLICAS
  • Simplificação e desburocratização dos procedimentos para o funcionamento empresarial e construção
  • Apoio para projetos de inclusão social
  • Plano de contingenciamento de contenção de gastos públicos
  • Políticas de incentivo para o desenvolvimento nas regiões da Avenida Beira-Rio, Jardim Jupira e Vila Portes
  • Facilitação e flexibilização para regularização de tributos

(Com Assessoria Programa Acelera Foz) 

Postagens mais visitadas deste blog

Amigas de Das Graças promovem rifa de jóias em apoio ao trabalho e memória da colunista social e fotógrafa

Tudo começou ainda durante a pandemia. Com os trabalhos do filho Marco Antonio pautados em eventos e turismo, as dificuldades claro bateram na porta, e além da venda de um dos automóveis que a família tinha, algo mais precisava ser feito para quitar os compromissos e dívidas inerentes de um ano praticamente sem trabalho, em casa, Das Graças e seu filho Marco. Este grupo de amigas conta que mesmo em vida, Das Graças pensava em usar as joias para ajudar nas despesas domésticas e de saúde. No entanto, a saúde da colunista se agravou e sobreveio o internamento e a cirurgia.  Pensando em se desfazer de alguma forma de peças de joias que tinha enquanto presente nas festas de nossa sociedade, Das Graças acionou sua estimada amiga, Sílvia Rodrigues, para que a ajudasse na empreitada, o que foi de pronto atendida.  As joias -  As três peças que serão rifadas, eram relíquias da família  que ela ostentava nas grandes festas da sociedade que participava, ao longo da gloriosa carreira de colunismo

COLUNA SOCIAL Foz em Destaque - Edição CLXXX

DESTAQUE DO DIA

Postagens COLUNA SOCIAL - Edição CXCI

DESTAQUE DO DIA