Pular para o conteúdo principal

ITAIPU E GOVERNO DO PARANÁ ILUMINARÃO BR 277 DE FOZ A SÃO MIGUEL DO IGUAÇU

 Iluminação é reivindicação antiga dos moradores e motoristas. Segundo a PRF, os 21 quilômetros de trecho urbano da rodovia, que passam também por Santa Terezinha de Itaipu, apresentam altos índices de acidentes à noite.

Proprietário de uma rede de postos de combustíveis, um deles localizado nas margens da BR-277, na saída de Foz do Iguaçu sentido Curitiba, Fabio Teixeira é claro e direto ao responder sobre qual o maior problema da região onde trabalha: a falta de iluminação na rodovia.

 Fabio Teixeira: “Convivemos com a insegurança, pois na estrada a escuridão é total e nos sentimos desguarnecidos”, diz. Mas a luz está próxima: na semana passada, Itaipu e o governo do Paraná assinaram convênio para iluminar 21 quilômetros de trechos urbanos da BR-277 entre Foz e São Miguel do Iguaçu. Foto: Rubens Fraulini/Itaipu Binacional.

“Esta é uma demanda antiga dos motoristas, que procuram parar no lugar onde se sentem mais protegidos em relação a assaltos e ao próprio trânsito. A iluminação traz isso”, afirma Teixeira. “É uma ação extremamente positiva. É sensacional. A Itaipu é uma mãe.”

Morador de Santa Terezinha de Itaipu e dono de uma transportadora localizada na BR-277, no bairro de Três Lagoas, em Foz, Gabriel Meurer também comemora a notícia. 

Gabriel Meurer: “O impacto será muito positivo para a segurança, o trânsito e a visibilidade do comércio.” Foto: Rubens Fraulini/Itaipu Binacional.


Ainda este ano
Todos os trechos urbanos da BR-277, entre Foz do Iguaçu e São Miguel do Iguaçu, passando por Santa Terezinha de Itaipu, no Oeste do Paraná, serão iluminados, para garantir mais segurança aos usuários. A iluminação em 21 quilômetros da rodovia vai contribuir para reduzir as estatísticas de acidentes graves, com risco de morte, que acontecem principalmente à noite.


O contrato da iluminação viária neste trecho da BR-277 e outro, da nova ligação rodoviária entre Ramilândia e Santa Helena, foram publicados na semana passada no Diário Oficial do Estado. Os investimentos são da Itaipu e, juntos, somam R$ 44,8 milhões. O convênio de iluminação está em estágio mais adiantado, já na fase preparatória para a licitação. No entanto, há a expectativa de que as duas obras comecem ainda este ano.

Foto: Arquivo Web

O convênio de iluminação pública em LED, com investimentos de R$ 18 milhões, prevê novos postes na rodovia em Foz do Iguaçu, Santa Terezinha de Itaipu e São Miguel do Iguaçu. O outro convênio, de R$ 26 milhões, determina a implantação de uma interligação intermunicipal entre Ramilândia e Santa Helena, com trechos que também cortam os municípios de Missal e Diamante D´Oeste.

Duplicação
Também na semana passada foi publicado o edital de licitação de uma terceira obra, a duplicação da BR-277 entre o posto da Polícia Rodoviária Federal (PRF) e a Ferroeste, em Cascavel, na qual serão aplicados R$ 90 milhões.

Todas essas ações são consideradas fundamentais para melhorar a logística de escoamento das indústrias e do agronegócio, além de aumentar a segurança para os moradores do Oeste e turistas que visitam a região.

Mais luz, menos acidentes
As estatísticas da PRF confirmam: o número de acidentes graves no trecho da BR-277 que receberá a iluminação é muito superior no período noturno, o que torna a ação ainda mais providencial.

Rubens Fraulini/Itaipu Binacional.

De 2017 para cá, entre os quilômetros 719 e 730, em Foz do Iguaçu, foram registrados 1.050 acidentes, 121 deles considerados graves. Destes, 43 (35,5%) ocorreram no período diurno e 78 (64,5%), no noturno. Já entre os quilômetros 707 e 712, em Santa Terezinha de Itaipu, foram contabilizados 118 acidentes, 20 graves, cinco (25%) de dia, 15 (75%) à noite. No trecho entre os quilômetros 686 e 691, em São Miguel, a PRF registrou 55 acidentes, 12 deles graves – três (25%) ocorridos durante o dia e nove (75%) à noite.

Em síntese: de 64% a 75% dos acidentes graves na BR-277 entre Foz e São Miguel do Iguaçu acontecem no período noturno. Com a iluminação, por meio desses convênios, a expectativa é que essas estatísticas caiam consideravelmente, a exemplo do que aconteceu após a iluminação da BR-277 em Medianeira e Matelândia. Para o chefe da Delegacia da PRF em Foz, Luiz Antônio Gênova, "essa medida vai salvar vidas".

A reivindicação é antiga e agora encontra eco na atual gestão da Itaipu. Para o diretor-geral brasileiro da empresa, general Joaquim Silva e Luna, as obras estruturantes da binacional são extremamente importantes porque dão uma nova configuração econômica para a região e são essenciais para a manutenção e geração de empregos. Quando se foca na segurança das pessoas, no entanto, essa importância relativa aumenta ainda mais.

General Silva e Luna: “Estamos lidando com a vida da nossa gente, nosso bem maior”, afirma. “Vamos continuar tendo como foco a melhoria da vida da nossa população. Está no nosso DNA e na nossa missão cuidar da nossa população.” Rubens Fraulini/Itaipu Binacional.

Amiga do Estado
A pavimentação completa entre Ramilândia e Santa Helena cria uma nova rota de acesso entre a região de Marechal Cândido Rondon e o corredor de exportação a Paranaguá, enquanto a iluminação pública melhora a segurança de trechos urbanos rodoviários de Foz do Iguaçu, São Miguel do Iguaçu e Santa Terezinha de Itaipu.

Na semana passada, o governador Carlos Massa Ratinho Junior disse que a Itaipu Binacional tem auxiliado o governo do Estado a transformar o Paraná em um hub logístico na América do Sul. “A gestão do diretor Joaquim Silva e Luna tem sido uma grande amiga do Estado”, afirmou.

O pacote de parcerias entre Itaipu e o governo do Estado soma mais de R$ 1, 4 bilhão. Isso sem contar um aporte de mais de R$ 1 bilhão em obras de melhoria no sistema elétrico brasileiro. Entre as obras estão a Ponte da Integração Brasil – Paraguai, com mais de 50% de construção pronta; a ampliação da pista do Aeroporto Internacional de Foz do Iguaçu; a duplicação da Rodovia das Cataratas; a revitalização da Estrada Boiadeira, entre Porto Camargo e Umuarama; o Contorno de Guaíra; e a duplicação do Contorno Oeste e da BR-277, em Cascavel. Também faz parte desse rol a revitalização da Ponte Ayrton Senna, em Guaíra.

A parceria estratégica, seguindo as diretrizes do governo do presidente Jair Bolsonaro, inclui ainda moradias populares, reformas em espaços da segurança pública, segurança ambiental, saneamento básico, educação técnica, inovação, integração regional e fomento ao turismo.

Postagens mais visitadas deste blog

Amigas de Das Graças promovem rifa de jóias em apoio ao trabalho e memória da colunista social e fotógrafa

Tudo começou ainda durante a pandemia. Com os trabalhos do filho Marco Antonio pautados em eventos e turismo, as dificuldades claro bateram na porta, e além da venda de um dos automóveis que a família tinha, algo mais precisava ser feito para quitar os compromissos e dívidas inerentes de um ano praticamente sem trabalho, em casa, Das Graças e seu filho Marco. Este grupo de amigas conta que mesmo em vida, Das Graças pensava em usar as joias para ajudar nas despesas domésticas e de saúde. No entanto, a saúde da colunista se agravou e sobreveio o internamento e a cirurgia.  Pensando em se desfazer de alguma forma de peças de joias que tinha enquanto presente nas festas de nossa sociedade, Das Graças acionou sua estimada amiga, Sílvia Rodrigues, para que a ajudasse na empreitada, o que foi de pronto atendida.  As joias -  As três peças que serão rifadas, eram relíquias da família  que ela ostentava nas grandes festas da sociedade que participava, ao longo da gloriosa carreira de colunismo

COLUNA SOCIAL Foz em Destaque - Edição CLXXX

DESTAQUE DO DIA

Postagens COLUNA SOCIAL - Edição CXCI

DESTAQUE DO DIA