Pular para o conteúdo principal

PARQUE NACIONAL DO IGUAÇU COMPLETA 82 ANOS UNINDO A PRESERVAÇÃO AO DESENVOLVIMENTO

A chefe do Parque Nacional do Iguaçu, Cibele Munhoz Amato, deixa uma mensagem à comunidade local
Às pessoas que já estiverem na unidade de conservação um dia e aos brasileiros e viajantes do mundo que sonham em visitar o Patrimônio Natural da Humanidade.

“O aniversário do parque é uma celebração da conservação da natureza, da biodiversidade, do desenvolvimento regional das cidades vizinhas ao parque, do fortalecimento do turismo sustentável, do meio ambiente, da economia e da imagem do Brasil. Os 82 anos do parque é uma construção de todos os segmentos da sociedade”, comenta Cibele Munhoz Amato.

O Parque Nacional do Iguaçu celebra 82 anos de criação neste domingo, dia 10 de janeiro, sem o tradicional corte do bolo, que historicamente era compartilhado com visitantes, funcionários, comunidade e autoridades, no Centro de Visitantes. 

A festa do aniversariante será simbólica por conta dos protocolos de proteção – que limitam o acesso de pessoas por hora – para visitar a unidade de conservação neste período de pandemia do coronavírus.


82 anos de preservação

O Parque Nacional do Iguaçu foi criado em 10 de janeiro de 1939, por meio do Decreto-Lei nº 1.035, do então presidente da República Getúlio Vargas. No ano de 1986, recebeu o título, concedido pela Unesco, de Patrimônio Natural da Humanidade. Já as Cataratas do Iguaçu, localizadas no interior da unidade de conservação, receberam o título de Maravilha Mundial da Natureza no dia 11 de novembro de 2011.

Fotografia: Cataratas do Iguaçu S/A

O Parque Nacional do Iguaçu se consolidou, nessas oito décadas, como referência na conservação da natureza e no turismo sustentável no mundo. O parque, que é um dos mais visitados do Brasil, protege uma área de 185 mil hectares de Mata Atlântica e uma rica biodiversidade, constituída por espécies singulares da fauna e flora brasileiras. A unidade de conservação brasileira, localizada no Oeste do Paraná, faz fronteira com a Argentina, na província de Missiones. Já as Cataratas do Iguaçu estão situadas entre a cidade brasileira de Foz do Iguaçu e a argentina Puerto Iguazú.

Fotografia: Acervo Macuco Safari

A sua riquíssima biodiversidade e a raridade de beleza cênica contribuíram para transformar o Parque Nacional do Iguaçu em Patrimônio Natural da Humanidade, no ano de 1986, e no abrigo da Maravilha Mundial da Natureza, no ano de 2011, em votação mundial. Atualmente, o parque realiza ações de visitação pública, pesquisa, educação ambiental e proteção. Todo esse cuidado e trabalho integrado proporcionam aos visitantes condições únicas e inesquecíveis de contato com uma das mais raras feições da natureza.

Fotografia: Nilton Rolin

Gestão de referência no Brasil 

Fotografia: Bruno Bimbato

O Parque Nacional do Iguaçu é administrado pelo Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), órgão federal responsável pela administração das unidades de conservação federais do Brasil. Desde o ano de 1999, o parque conta com gestão dos serviços de visitação turística da concessionária Cataratas do Iguaçu S.A., empresa genuinamente iguaçuense que integra o Grupo Cataratas.


📸: 82 fotografias para celebrar o aniversário do Parque Nacional do Iguaçu. 

Confira: https://bit.ly/397kSix

(créditos nas descrições das imagens)


Serviço:
Parque Nacional do Iguaçu – 82 anos
Data: 10 de janeiro de 2021

O Parque Nacional do Iguaçu está aberto para a visitação pública, todos os dias, das 8h às 16h. Os ingressos para visitar a unidade são vendidos exclusivamente on-line, no site 

www.cataratasdoiguacu.com.br. 

E como neste momento o parque está com limitação de público por hora, o visitante precisa realizar a aquisição e agendar o dia e o horário da visita. A compra está sujeita à disponibilidade de vagas. Não há restrição de idade para fazer o passeio.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

COLUNA SOCIAL Foz em Destaque - Edição CXXIX

    DESTAQUE DO DIA

ALCEU VEZOZZO, fundador da Rede Bourbon, homenageado pela Associação Comercial do Paraná

O fundador da Rede Bourbon, Alceu Ântimo Vezozzo, recebeu a homenagem Cidadania ACP, da Associação Comercial do Paraná. O prêmio é concedido para cidadãos de reconhecida importância na sociedade paranaense e nacional. (Evento acontecido em Nov/2019) Premio - Homenagem ACP - Foto Jader Rocha Em seu discurso o presidente da ACP, Gláucio Geara, enalteceu as conquistas de Vezozzo na hotelaria e na ação social que desenvolve na cidade de Cambará, com o Instituto Bourbon.  Ao receber a homenagem o fundador da Rede Bourbon agradeceu a família e a Deus por todas as conquistas e enfatizou a importância de fazer o bem em todas as áreas da sociedade. “Fazer o bem através da hotelaria, através do Instituto Bourbon, através da escola, fazer o bem seja ele onde for”, finalizou o fundador. A família Vezozzo prestigiou seu patriarca nesta noite tão importante. Assinatura Homenagem  Abraço Alceu e Laila Vezozzo - Foto Jader Rocha  Alceu Vezozzo, Ana Amélia Filizola e Glau

COLUNA SOCIAL - Edição CCCXII

D E S T A Q U E