Pular para o conteúdo principal

Dia do Terceirizado abre agenda oficial do aniversário de 40 anos da ITAIPU BINACIONAL

Festa no Cineteatro dos Barrageiros, nesta quarta-feira (30), vai reunir mais de 500 prestadores de serviços da usina e também do PTI. Haverá apresentações da Orquestra Paranaense de Viola Caipira e do Grupo de Ginastas de Toledo.



Foto Alexandre Marchetti.
Uma grande festa para os prestadores de serviços terceirizados da margem brasileira de Itaipu vai abrir, nesta quarta-feira (30), véspera do Dia Internacional do Trabalho (1º de maio), a agenda oficial de comemoração dos 40 anos de constituição da empresa.
Intitulada Dia do Terceirizado, a festa reunirá, no Cineteatro dos Barrageiros, em Foz do Iguaçu, mais de 500 prestadores de serviços da usina e também do Parque Tecnológico Itaipu (PTI).
Participarão do evento colegas terceirizados que trabalham em diferentes setores da empresa – como a manutenção, limpeza, copa, jardinagem, transporte e segurança, entre outros.
Haverá ainda transmissão ao vivo, por videoconferência, para os terceirizados de Curitiba, que poderão assistir a tudo no auditório do 9º andar do Edifício Parigot de Souza.
A programação começa às 10h, com a abertura oficial, e seguirá com apresentações da Orquestra Paranaense de Viola Caipira, de Cascavel, e do Grupo de Ginastas Rítmica de Toledo. Em seguida, haverá um almoço de confraternização no Restaurante Prestivel, no PTI.

Os terceirizados ainda receberão kits com produtos orgânicos.

Ambiente de fraternidade
A ideia de incluir os terceirizados na programação oficial dos 40 anos de Itaipu foi do diretor administrativo, Edésio Passos, que escreveu uma mensagem de agradecimento ao empenho dos colegas para o sucesso da empresa.
“Indistintamente da função e da posição que desempenhamos em nossa entidade, é importante ressaltar o ambiente de fraternidade e de ajuda mútua que nos une e nos engrandece”, afirmou o diretor.

Foto Nilton Rolin
“Em nome da diretoria, quero agradecer o empenho e a participação fundamental de todos e de todas em nossa missão, desejar amplo sucesso e felicidades a todos vocês e aos seus familiares. Muito obrigado. Abraço fraterno”, concluiu.

Transporte
O gerente do Departamento de Coordenação e Segurança (SES.AD), Rogério Miranda, que integra o grupo de trabalho binacional responsável pelas atividades relativas aos 40 anos de Itaipu, explicou que as próprias empresas terceirizadas ficarão responsáveis pelo transporte dos funcionários da frente de trabalho até o cineteatro.
As exceções, segundo Rogério, serão atendidas pela área de Transportes de Itaipu. Por isso, é importante que os terceirizados contatem o gestor do contrato ao qual estão ligados para pedir orientação sobre como fazer o deslocamento.

Série de eventos
O Dia do Terceirizado é o primeiro de uma série de eventos que serão promovidos para marcar duas datas importantes: os 40 anos da constituição de Itaipu como empresa, comemorados no dia 17 de maio, e também os 30 anos de geração de energia, no dia 5 de maio.
Estão previstas atividades em Foz do Iguaçu, Curitiba e Assunção. Entre elas, uma solenidade durante a iluminação especial da barragem, no dia 17 de maio; a inauguração da biblioteca do PTI, no dia 21; uma confraternização dos empregados das duas margens da usina, no dia 22, no hall do Edifício de Produção; e o tradicional jantar em homenagem aos empregados que completam 15, 20, 25, 30 e 35 anos de empresa – além dos recém-aposentados.

A programação está sendo elaborada pelo grupo de trabalho binacional criado pela diretoria.




Postagens mais visitadas deste blog

Amigas de Das Graças promovem rifa de jóias em apoio ao trabalho e memória da colunista social e fotógrafa

Tudo começou ainda durante a pandemia. Com os trabalhos do filho Marco Antonio pautados em eventos e turismo, as dificuldades claro bateram na porta, e além da venda de um dos automóveis que a família tinha, algo mais precisava ser feito para quitar os compromissos e dívidas inerentes de um ano praticamente sem trabalho, em casa, Das Graças e seu filho Marco. Este grupo de amigas conta que mesmo em vida, Das Graças pensava em usar as joias para ajudar nas despesas domésticas e de saúde. No entanto, a saúde da colunista se agravou e sobreveio o internamento e a cirurgia.  Pensando em se desfazer de alguma forma de peças de joias que tinha enquanto presente nas festas de nossa sociedade, Das Graças acionou sua estimada amiga, Sílvia Rodrigues, para que a ajudasse na empreitada, o que foi de pronto atendida.  As joias -  As três peças que serão rifadas, eram relíquias da família  que ela ostentava nas grandes festas da sociedade que participava, ao longo da gloriosa carreira de colunismo

COLUNA SOCIAL Foz em Destaque - Edição CLXXX

DESTAQUE DO DIA

Postagens COLUNA SOCIAL - Edição CXCI

DESTAQUE DO DIA