Pular para o conteúdo principal

Prefeito Chico Brasileiro participa da abertura dos trabalhos de 2018 do Legislativo de Foz


Prefeito destacou harmonia entre os Poderes a fim de propiciar ano desenvolvimento e investimento em Foz do Iguaçu


COMUNICAÇÃO/CMFI


O Legislativo abriu oficialmente o ano parlamentar com a 1ª sessão ordinária do ano, nesta terça-feira, 06 de fevereiro. A convite da própria casa, o Prefeito Chico Brasileiro marcou presença durante a abertura dos trabalhos e fez um pronunciamento no sentido da harmonia dos Poderes (Legislativo e Executivo) para o desenvolvimento de Foz do Iguaçu. 

“A harmonia entre os Poderes significa buscarmos um caminho único para o desenvolvimento, geração de renda e garantia de direitos. Por tal motivo, é importante ratificar o papel do Poder Legislativo no ato de elaborar e aprovar projetos, fiscalizar o Poder Executivo. Então, peço que acompanhem cada obra que fazemos, todas as licitações e demais ações da Prefeitura. Temos uma imensa responsabilidade porque nós somos passageiros, mas o povo de Foz do Iguaçu fica”, destacou o Prefeito do município, Chico Brasileiro (PSD). 

Na oportunidade, o Prefeito enfatizou algumas ações da Prefeitura para este ano: reestruturação e fortalecimento da controladoria do município. “Este ano será de investimentos, o ano de 2017 foi de sanar as dívidas e arrumar a casa. O recurso dos royalties não será para custeio nenhum, será para investir no município. Em janeiro deste ano já tivemos um crescimento de 10%”, finalizou Chico Brasileiro.

* Notícia produzida pela Diretoria de Comunicação da Câmara Municipal de Foz do Iguaçu. 

Postagens mais visitadas deste blog

Amigas de Das Graças promovem rifa de jóias em apoio ao trabalho e memória da colunista social e fotógrafa

Tudo começou ainda durante a pandemia. Com os trabalhos do filho Marco Antonio pautados em eventos e turismo, as dificuldades claro bateram na porta, e além da venda de um dos automóveis que a família tinha, algo mais precisava ser feito para quitar os compromissos e dívidas inerentes de um ano praticamente sem trabalho, em casa, Das Graças e seu filho Marco. Este grupo de amigas conta que mesmo em vida, Das Graças pensava em usar as joias para ajudar nas despesas domésticas e de saúde. No entanto, a saúde da colunista se agravou e sobreveio o internamento e a cirurgia.  Pensando em se desfazer de alguma forma de peças de joias que tinha enquanto presente nas festas de nossa sociedade, Das Graças acionou sua estimada amiga, Sílvia Rodrigues, para que a ajudasse na empreitada, o que foi de pronto atendida.  As joias -  As três peças que serão rifadas, eram relíquias da família  que ela ostentava nas grandes festas da sociedade que participava, ao longo da gloriosa carreira de colunismo

COLUNA SOCIAL Foz em Destaque - Edição CLXXX

DESTAQUE DO DIA

Postagens COLUNA SOCIAL - Edição CXCI

DESTAQUE DO DIA