Pular para o conteúdo principal

Homenagem ao Sr. Hassan Khalil Dia - Embaixador do Paraguai

Mais fotos no Facebook


O Corpo Consular do Paraná, através do seu Presidente Sr. Thomas Amaral Neves, prestou uma homenagem ao Embaixador do Paraguai,  Sr. Hassan Khalil Dia, que é também membro da entidade.
Hassan Khalil Dia, nasceu no Líbano e chegou no Paraguai em 1985 onde começou a batalha de construir o seu futuro como vendedor ambulante. Aos poucos foi integrando-se na comunidade e participando da vida social da região, criando amizades no Paraguai e no Brasil, o que lhe permitiu destacar-se em atividades de ação social e assim ser reconhecido na região.
Em 2010 foi designado Embaixador do Paraguai no Líbano,  cargo que ocupou até este ano de 2017, sendo que ao fim de sua missão naquele país, foi condecorado pelo Presidente do Líbano com a Medalha do Cedro – Grau Oficial Maior.

No evento que aconteceu no Hotel Bourbon na semana passada, com a presença de Cônsules da região e outras autoridades, recebeu um Certificado e foi condecorado pelo Conselho por seus serviços prestados e por tão representar a categoria durante estes anos de serviço.


Texto: Marcelle GhiehFotos: Ali AbbaszeinEdição: Marco Freire


















































































Postagens mais visitadas deste blog

COLUNA SOCIAL Foz em Destaque - Edição CLXXI

  DESTAQUE DO DIA

Amigas de Das Graças promovem rifa de jóias em apoio ao trabalho e memória da colunista social e fotógrafa

Tudo começou ainda durante a pandemia. Com os trabalhos do filho Marco Antonio pautados em eventos e turismo, as dificuldades claro bateram na porta, e além da venda de um dos automóveis que a família tinha, algo mais precisava ser feito para quitar os compromissos e dívidas inerentes de um ano praticamente sem trabalho, em casa, Das Graças e seu filho Marco. Este grupo de amigas conta que mesmo em vida, Das Graças pensava em usar as joias para ajudar nas despesas domésticas e de saúde. No entanto, a saúde da colunista se agravou e sobreveio o internamento e a cirurgia.  Pensando em se desfazer de alguma forma de peças de joias que tinha enquanto presente nas festas de nossa sociedade, Das Graças acionou sua estimada amiga, Sílvia Rodrigues, para que a ajudasse na empreitada, o que foi de pronto atendida.  As joias -  As três peças que serão rifadas, eram relíquias da família  que ela ostentava nas grandes festas da sociedade que participava, ao longo da gloriosa carreira de colunismo

COLUNA SOCIAL Foz em Destaque - Edição CLXXVIII

DESTAQUE DO DIA Aniversários