Pular para o conteúdo principal

Restaurante SERTANEJO BAHIA inaugura em FOZ DO IGUAÇU



O contabilista Ocivaldo Gobetti​ é o mais novo empresário do segmento gastronômico de nossa cidade. Contabilista atuante, Ocivaldo se juntou ao Chef Jean Soares no projeto gastronômico SERTANEJO BAHIA, mais do que um projeto gastronômico, um atrativo para  a nossa cidade.
O restaurante funciona no local onde antes era o antigo B12, na Avenida Paraná, e além da comodidade imprescindível para um restaurante que veio para estar entre os melhores da cidade, como estacionamento amplo, instalações modernas e ambiente climatizado, oferece diferenciais como espaço kids para os "baixinhos", e o maior de todos diferenciais, cozinha à cargo do Chef Jean, ex-Wish Resort, que trouxe toda sua experiência como "chef" em alguns dos maiores resorts e complexos gastronômicos do Brasil, dentre eles, o Wish Resort aqui de Foz.
Assim sendo, o restaurante oferece buffet com opções de quilo ou livre, diáriamente, para almoço e jantar, e à la carte com destaque para a cozinha baiana, especialmente nas sexta-feiras. No sábado, destaque para a deliciosa e tradicional feijoada baiana, e para encerrar com chave de ouro, aos domingos é servido um delicioso churrasco à moda gaúcha.
E para eventos coorporativos ou pesssoais, a casa oferece ainda pacotes incluindo menu especial, com preços diferenciados e opções de decoração e cardápio, para ser o palco ideal para seu evento.
Com tudo isto lhe esperando, agora é hora de conferir:

SERTANEJO BAHIA
Av. Paraná, 721 - Centro, Foz do Iguaçu - PR
F: (45) 3029 6777
Aberto diáriamente até as 23h.

Postagens mais visitadas deste blog

COLUNA SOCIAL Foz em Destaque - Edição CLXXI

  DESTAQUE DO DIA

Amigas de Das Graças promovem rifa de jóias em apoio ao trabalho e memória da colunista social e fotógrafa

Tudo começou ainda durante a pandemia. Com os trabalhos do filho Marco Antonio pautados em eventos e turismo, as dificuldades claro bateram na porta, e além da venda de um dos automóveis que a família tinha, algo mais precisava ser feito para quitar os compromissos e dívidas inerentes de um ano praticamente sem trabalho, em casa, Das Graças e seu filho Marco. Este grupo de amigas conta que mesmo em vida, Das Graças pensava em usar as joias para ajudar nas despesas domésticas e de saúde. No entanto, a saúde da colunista se agravou e sobreveio o internamento e a cirurgia.  Pensando em se desfazer de alguma forma de peças de joias que tinha enquanto presente nas festas de nossa sociedade, Das Graças acionou sua estimada amiga, Sílvia Rodrigues, para que a ajudasse na empreitada, o que foi de pronto atendida.  As joias -  As três peças que serão rifadas, eram relíquias da família  que ela ostentava nas grandes festas da sociedade que participava, ao longo da gloriosa carreira de colunismo

COLUNA SOCIAL Foz em Destaque - Edição CLXXVIII

DESTAQUE DO DIA Aniversários