Pular para o conteúdo principal

ICLI Iate Clube Lago de Itaipu 30 anos


O novo comodoro do Iate Clube Lago de Itaipu (Icli), o empresário Pedro José Treméa recebeu ao lado de sua diretoria a imprensa para um delicioso jantar, com gostinho de casa da gente, com a hospitalidade que o clube sempre oferece aos seus visitantes,
Pedro José Trémea assumiu a nova diretoria ao lado de José Carlos Pavilosqui Pina (Vice-comodoro), Evandro Ferreira (Secretário), Antonio Carlos Bertipaglia (Tesoureiro), Maud Lúcia Bruno Lopes Passarela (Diretora Social), Gilmar Antonio Arcego (Diretor de Patrimônio) e Rogério Augusto Cecco (Diretor de Esportes).
Para o novo comodoro do Icli a meta é dar continuidade aos trabalhos e implantar melhorias que deixem o clube ainda melhor para os associados. "Não vamos cambar, como se usa no meio náutico quando se faz uma manobra drástica, mas ajustar as velas para que nosso Icli continue numa proa segura - lindo, bonito e elegante. Queremos ser amigos de nossos associados e deles receber ideias", disse Trémea.
O novo conselho deliberativo e fiscal do biênio 2015/2017 está assim constituído: Conselho Deliberativo -  Jonimar da Silva, Gerson Luis Alves, Roque Segatto, Hiran Jose Denes Vidal, Marcelo Augusto Coutinho, Eldon Walter Richards Velarde. Suplentes: Rodrigo Mendonza Bartholo, Renato Pazzanese, Marcos Roberto Pereira de Oliveira, Afonso Bruno Krieger, Armelindo Sacomori, Ricardo Novakowski Neto; Conselho Fiscal - Alexandre Cezário Pereira, Vitor Hugo Jaeckel Monteiro, Cristiano Brezolin. Suplentes: Adelar Guilherme Matte, Tales Bechuate Tufaile e Antonio Roberto De Paula. Confira as fotos do evento de posse da nova diretoria e conselheiros do Icli na rede social Facebook/iateclubelagodeitaipu.
Tudo isto em ritmo do aniversário de 30 anos do clube, que será comemorado em todas as ações do clube até o final do ano...

Postagens mais visitadas deste blog

Amigas de Das Graças promovem rifa de jóias em apoio ao trabalho e memória da colunista social e fotógrafa

Tudo começou ainda durante a pandemia. Com os trabalhos do filho Marco Antonio pautados em eventos e turismo, as dificuldades claro bateram na porta, e além da venda de um dos automóveis que a família tinha, algo mais precisava ser feito para quitar os compromissos e dívidas inerentes de um ano praticamente sem trabalho, em casa, Das Graças e seu filho Marco. Este grupo de amigas conta que mesmo em vida, Das Graças pensava em usar as joias para ajudar nas despesas domésticas e de saúde. No entanto, a saúde da colunista se agravou e sobreveio o internamento e a cirurgia.  Pensando em se desfazer de alguma forma de peças de joias que tinha enquanto presente nas festas de nossa sociedade, Das Graças acionou sua estimada amiga, Sílvia Rodrigues, para que a ajudasse na empreitada, o que foi de pronto atendida.  As joias -  As três peças que serão rifadas, eram relíquias da família  que ela ostentava nas grandes festas da sociedade que participava, ao longo da gloriosa carreira de colunismo

COLUNA SOCIAL Foz em Destaque - Edição CLXXX

DESTAQUE DO DIA

Postagens COLUNA SOCIAL - Edição CXCI

DESTAQUE DO DIA